10 de mai de 2008

O que importa...



Por que valorizar tanto a casca quando o que realmente importa é invisível?

É interessante notar que as pessoas que mais investem na "casca", ou seja, que trabalham arduamente para criar uma imagem externa do que gostariam de fato ser, são as mais superficiais de todas.

Sim claro, e quanta superficialidade! É tanta que a casca é espessa, dura. O valor humano fica enclausurado. Difícil notar o invisível nestas pessoas. Tudo nelas é previsível, notavelmente patético.
Um dia a casca quebra...

Tem gente que gosta do conforto.
Elas se perguntam:
Pra que se revestir com uma casca tão desconfortável assim?
Elas usam roupas modestas, confortáveis..
Geralmente choram, e geralmente demonstram o invisível, inevitavelmente...

Prezam o conhecimento que por sua vez é invisível.
Dignificam o respeito, sensível e invisível.
Glorificam a justiça às vezes sentida na pele mas, invisível.
E a cada momento surpreendem-se com o amor, que... bem...
É invisível.

Por que valorizar tanto a casca quando o que realmente importa é invisível?





Leia o artigo completo

Categorias

© Carlos Mion Todos os direitos reservados.